6 de junho de 2017

Costelinha ao Molho Pesto de Salsa





A costelinha é presença com alguma regularidade cá em casa, e gosto de a preparar de modo diverso. Mas hoje, a escolha foi um estufado... para melhor saborear o Pesto de Salsa. Este tempero é um dos nossos preferidos. E para caramelizar um pouco... finalizei com uns minutos no gril do forno.




É sem duvida... um tempero excelente !!  
Com uma ligação de sabores algo exótica que resulta na perfeição. Ainda não o tinha usado assim na costelinha estufada, mas foi um sucesso... e para repetir. 




Ingredientes:

2 costelinhas de 500 a 600g cada
1 dente de alho grande
1 dl de azeite
1 cebola média
5 a 6 folhas de louro
2 pés grandes salsa
1 limão
2 colheres de sopa, bem cheias, de pesto de salsa
Sal
1 cenoura grande
1 courgette grande

Preparação:

Devido a estas costelas terem pouca quantidade de carne e da forma como possam ser cozinhadas, a carne pode tornar-se seca. Assim, optando por este género de preparação, obtenho uma carne bem suculenta.




Há que limpar todo o excesso de gorduras e salpicar a carne com um pouco de sumo de limão por alguns minutos.




Para que os tempero gordos, adiram bem à carne que se vai temperar, esta deve estar seca. Com papel de cozinha, se resultar, ou seca-se a peça com um pano  cozinha.

Como usei pouca quantidade de especiarias no molho (assim daria para todos os gostos) salpiquei a carne com um pouco de canela e de caril. Pincelei bem, toda a carne com o tempero e no final salpiquei ainda com um pouco de sal. Deixei repousar no frio, mais ou menos 45 minutos, e à temperatura ambiente mais 15 minutos.




Deita-se o azeite na panela (usei a de pressão) e aloura-se um alho grande esmagado e com casca, e coloca-se a carne para selar (consiste em alourar bem cada lado da carne, para que os sucos fiquem retidos durante o cozimento, e assim a carne, ficar mais suculenta. Esta operação deve ser feita em altas temperaturas, mas eu faço-o com temperatura média). 




Retire a carne e o alho queimado. Branqueie uma cebola cortada em rodelas, coloque um pouco de sal, o louro, a salsa e uma colher de chá,  cheia, de Pesto de Salsa dissolvido me pouco mais de 50ml de água.
Coloque a carne na panela, e sobre cada pedaço de carne uma rodela de limão. Após a panela ter atingido o máximo da pressão reduzi para o numero 4 da placa vitrocerâmica e deixei cozer por 20 minutos. Após esse tempo retirei do disco quente e deixei que a restante pressão completasse a cozedura. Os tempos de cozimento das panelas de pressão podem variar, para tal, deve estar atento, se a usar. 




Se gostar, pode pincelar com o tempero da salsa e levar ao gril do forno por alguns minutos. Retire, deixe a carne repousar 5 minutos, pincele depois com um pouco de tempero da salsa e deite também um pouco redução balsâmica sobre a carne. 

Acompanhei com noodles de courgette e cenoura.




Esta é marca de caril que uso. É um pouco picante, mas muito rico em aromas.





11 comentários :

  1. Querida Rosa: uma verdadeira lição de culinária na arte de bem preparar a costelinha. Ficou com um aspeto maravilhoso, dourada e suculenta. O pesto de salsa foi o complemento perfeito .As fotos estão uma beleza, como sempre.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  2. Olá, minha querida Rosa!
    Quanto amor nas suas receitas, as fotos estão dignas de capa de revista, muito lindas!
    Adorei o passo a passo da receita, tudo perfeito!

    Beijinhos no seu ♥

    ResponderExcluir
  3. Divinal ficou com uma cor perfeita deve estar delicioso. Beijinhos
    http://asreceitasdasisi.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Oi Rosa querida, bt!
    Quem me dera encontrar por aqui umas costelinhas lindas como as suas kk
    Amiga, que receita maravilhosa. Amei o uso do pesto na costelinha e como eu peguei a receita dele, já vou usar também quando fizer costelinha por aqui. Hummmmm!
    Bjsssss

    ResponderExcluir
  5. Querida Rosa, essas costelinhas ficaram uma verdadeira tentação, essa cor dourada abre logo o apetite! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  6. Ficaram com um aspecto delicioso e fiquei super curiosa com o tempero, além de adorar a forma de confecção. Vou guardar para um dia experimentar. Só uma questão: os noodles foram em cru ou fez alguma coisa com eles? É que estão com óptimo aspecto também, não é só a carne ;)
    Beijinhos ...
    Blog: Guloso qb

    ResponderExcluir
  7. Aposto que fica de lamber os dedos!!
    Beijinho
    https://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  8. Querida Rosa,
    que costelinha maravilhosa :) Está com um aspecto tão suculento!
    Adorei :)
    E com este pesto imagino a perdição.
    Um beijinho

    ResponderExcluir
  9. Fiquei com curiosidade em experimentar, costelinha não é um corte que use muito, mas nesta receita parece uma boa opção.
    beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde Rosa,

    quase não faço esta peça de porco por ficar ressecada, mas gostei da sugestão aqui postada.
    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderExcluir
  11. Deve ficar uma delicia.
    Obrigado pela partilha.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir